Conselheiros do Território do Vale do Sambito.

por MARIA LUCILENE publicado 26/04/2018 08h40, última modificação 26/04/2018 08h40
O Presidente da Câmara Municipal de Barra D`Alcântara, Jonas Araújo de Oliveira e o Vice- Presidente Cleiton Brito de Sousa e o Vereador Valdecarlos Santos Pereira, estiveram reunidos nesta quinta-feira (12) em Francinópolis para mais uma assembléia ordinária do Conselheiros do Território do Vale do Sambito.
Conselheiros do Território do Vale do Sambito.

Presidente, Vice- Presidente e Vereador de Barra D`Alcântara!

Na pauta, discussões sobre programas voltados para jovens, investimentos como o Proinf, fechamentos de instituições em Valença e prestação de contas do conselho, entre outros temas de interesse regional. O evento realizado na Câmara de Vereadores contou com a presença do além de representantes das outras cidades do território.

 Após a abertura dos trabalhos feita pelo prefeito de Francinopolis, Paulo Cesar, e das apresentações culturais de jovens assistidos pela assistência social do município teve inicio os trabalhos com as falas dos gestores: Prefeitos Claudison Brito (Barra D`Alcântara), Claudia Regina (Várzea Grande), Neguinho Barbosa (Prata), Silva Junior (Inhuma), vice-prefeito de Ipiranga, Gilvá Ramos, coordenador da Cojuv Vicente Gomes sobre o Proinf, que beneficiará os municípios com projetos de até R$ 200 mil reais.

As políticas para a juventude foi o tema abordado pelo coordenador estadual juventude, Vicente Gomes, que parabenizou a secretária de assistência social Socorro Bandeira pelos trabalhos realizados em Francinópolis.
Durante a explanação da prestação de contas, a presidente Lidiane Veloso ressaltou as dificuldades de algumas cidades em participar das atividades do conselho, assim como a de cumprir com suas obrigações nos repasses mensais ao conselho que é de apenas R$ 162,18, ou 17% do salário.
Na assembléia dessa quinta a presidente voltou a informar que de acordo com o regimento secretários e assessores que representem suas cidades precisam levar um oficio da prefeitura dando poderes para que o mesmo possa votar e decidir por suas cidades. Valença foi representada pelo secretário de agricultura, José Gomes, que não tinha essa autorização.
O fechamento de instituições como o SENAC, do setor de pericia do INSS e das constantes ameaças de fechamento da Vara do Trabalho e da própria UESPI também foram discutidos na assembléia.
As lideranças regionais lamentaram o fechamento e as ameaças e prometeram esforços para impedir as ações, mas destacaram que essa luta teria que ser liderada pelas forças políticas de Valença. “Se isso acontecesse na Inhuma, poderia até sair, mas não sem lutar”, disse o prefeito Silva Junior da Inhuma.
O próximo encontro será na cidade de Prata que deve acontecer no mês de junho.

 

 

 

error while rendering plone.comments